BIORREMEDIAÇÃO DE SOLO CONTAMINADO – RIO GRANDE DO SUL | BR

Em 2011 a NewFields realizou a caracterização, o tratamento e a disposição final de solo contaminado com compostos orgânicos voláteis (VOCs) cancerígenos e carcinogênicos provenientes de uma área contaminada no nordeste do estado do Rio Grande do Sul. Após uma minuciosa análise técnica e de viabilidade econômica, foi selecionada a biorremediação in situ como a melhor alternativa em função das suas propriedades de remoção microbiana e de remoção física por volatilização.

O solo foi disposto em um galpão coberto previamente impermeabilizado pela aplicação de uma geomembrana em todo o seu interior. A remoção por atividade microbiana foi estimulada por meio da adição de nutrientes e de água, além da constante aeração do solo.  O excesso de água foi drenado e tratado em uma estação de tratamento de efluentes preparada para receber esse tipo de material. Após a remoção por ação microbiana e a secagem do material, o solo foi revirado para estimular a remoção por volatilização dos compostos contaminantes. Cinco campanhas de amostragens foram realizadas, após o tratamento, não havendo nenhuma detecção no solo. O solo foi disposto dentro do Site, evitando gastos com aterros industriais.

Share Tweet Pin it