AVALIAÇÃO DA INTERAÇÃO HIDRÁULICA ENTRE RIO E AQUÍFERO – SÃO PAULO | BR

A NewFields foi autora de um extenso estudo hidráulico iniciado em abril de 2008 para avaliar a interação entre o aquífero raso e o rio adjacente ao Site. Um ciclo hidrológico característico da interface entre o aquífero raso e o rio foi observado: durante a estação chuvosa, a água subterrânea do aquífero raso flui para o rio, enquanto na estação seca observa-se o oposto, com a água subterrânea fluindo do rio para o aquífero. Concluiu-se, portanto, que o uso dos poços da barreira hidráulica seria dispensável durante a estação de seca. Os dados coletados foram comunicados à CETESB que, após receber a comprovação de que a água subterrânea flui em direção ao aquífero na estação seca, permitiu o desligamento dos poços de bombeamento existentes durante esta estação. Para o monitoramento do fluxo da água subterrânea na interface aquífero raso-rio, instalou-se no Site uma unidade de telemetria que transmite via satélite os dados potenciométricos medidos a cada intervalo de duas horas. Tais dados são processados por um software e disponibilizados para visualização em tempo real por meio de um website desenvolvido pela NewFields. A otimização da operação da barreira hidráulica representou uma redução significativa no custo de manutenção do Site.

Share Tweet Pin it